Pesquisar neste blog

A principal fonte dos textos postados aqui é da Internet, meio de informação pública e muita coisa é publicada sem informações de Copyright, fonte, autor etc. Caso algum texto postado ou imagem não tenha sua devida informação ou indicação, será escrito (autoria desconhecida). Caso souberem, por favor, deixe um comentário indicando o ou no texto, ou caso reconheçam algum conteúdo protegido pelas leis de direitos autorais, por favor, avisar para que se possa retirá-lo do blog ou dar-lhe os devidos créditos. Se forem utilizar qualquer texto postado aqui, por favor, deem os devidos créditos aos seus autores. Obrigada!

Abençoados sejam todos!

8 de mar de 2011

Deusa Nammu

Segundo os mitos das regiões mesopotâmicas, Nammu ou Namma é um deusa primordial, a mãe de todos os deuses e deusas, do céu e da terra; cujo nome é descrito por um pictograma que significa "mar primordial"; era a deusa do "mar doce".

Da união, nasceram de Nammu, Anu (Céu) e Antu/Ki (Terra), nasceu Enlil (Ar); quando o deus do Céu, se viu sozinho e chorava copiosamente com saudades da esposa Ki, Nammu então recolheu as lágrimas e gerou Enki, Ereshkigal e Ninki(Damkina). Era uma deusa poderosa e afável. É a grande mãe das fontes da vida, é a deusa que nutre e preserva.

Deusa Original (Mãe) para os povos antigos da suméria

O mundo nasceu quando Nammu, um abismo sem forma, enrolou-se em si mesma num ato de auto-procriação.
A deusa NAMMU gerou dois filhos: AN (céu) e KI (terra), criando a ideia de feminino e masculino. Daquele primeiro casal nasceu EN-LIL (deus do vento) que ocupou um lugar de destaque na criação do mundo: ela separou o casal original (AN e KI) estabelecendo a divisão entre o céu e a terra.

Na mitologia suméria, Nammu (mais propriamente Namma) é a deusa da criação suméria. Se a criação do mito babilônico Enuma Elish é baseado em um mito sumério, o que parece provável, Nammu / Namma é a deusa suméria do mar primordial que deu origem ao céu e a terra e os primeiros deuses. Ela foi provavelmente a primeira personificação da constelação que os babilônios posteriormente chamada Tiamat e os gregos chamavam de Cetus e representou o Apsu, o oceano de água doce que os sumérios acreditavam colocar debaixo da terra, a fonte de água que dá vida e fertilidade em um país com quase nenhuma chuva.
Como Nammu / Namma é a deusa das águas férteis, um é o deus do céu. Nammu / Namma e seu filho Enki criou a humanidade como assistentes para os deuses. Enki é o deus da cultura humana, que também preside o Absu.

fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Nammu; http://cubano.ws/info-atual/nammu

Nenhum comentário:

Postar um comentário