Pesquisar neste blog

A principal fonte dos textos postados aqui é da Internet, meio de informação pública e muita coisa é publicada sem informações de Copyright, fonte, autor etc. Caso algum texto postado ou imagem não tenha sua devida informação ou indicação, será escrito (autoria desconhecida). Caso souberem, por favor, deixe um comentário indicando o ou no texto, ou caso reconheçam algum conteúdo protegido pelas leis de direitos autorais, por favor, avisar para que se possa retirá-lo do blog ou dar-lhe os devidos créditos. Se forem utilizar qualquer texto postado aqui, por favor, deem os devidos créditos aos seus autores. Obrigada!

Abençoados sejam todos!

6 de mar de 2011

Os Deuses do Mundo


Nas Mitologias: Grega, Romana, Nórdica, Indu, Egípcia e outras, as potências masculinas, ou seja, Os Deuses se apresentam num aspecto de Heróis, Guerreiros valentes, imortais e sempre com grandes poderes. Seria a própria manifestação da força bruta, da sexualidade e do domino Patriarcal. Não esquecendo que, também deixam um lado todo sentimental quando se trata do Mítico do Amor. Essa mesma potência pode se apresentar Ativa ou Passiva, isso de acordo com comportamento de cada Deus, dando um corpo e forma arquetípica aos seres humanos. Relacionei abaixo alguns desses Deuses que considero muito significativo.

THOR - NÓRDICO - A FORÇA
(comemoração em 19 de Janeiro e 20 de maio)

Deus do martelo mágico, senhor regente do céu, dos raios, trovões e da guerra, filho de Jordh, a Mãe Ursa, Deusa da terra e da natureza, mas representando a terra não cultivada em sua forma primordial. Thor era amplamente cultuado pelos vikings e venerado também por combater as doenças e a fome. Tinha por função proteger os homens e deuses da influência negativa dos gigantes.
Um homem valente, enorme e belíssimo guerreiro de longos cabelos e barba ruiva, detentor de apetite voraz, sede incontrolável, voz estrondosa e penetrantes olhos que chispavam como fagulhas, era também conhecido como “Senhor dos Bodes”, título oriundo da crença de que as trovoadas seriam nada mais que um passeio do príncipe em seu carro. Thor quebra todas as barreiras, para ele não existem obstáculos intransponíveis, vence as dificuldades, é tido como o mais forte e corajoso dos Deuses.

ZEUS - GREGO - O SUPREMO
( comemoração em 15 de Março)

O supremo do panteão grego, também conhecido como Júpiter na mitologia Romana, rei dos deuses e dos homens, deus do tempo, sexto filho de Kronos e de Réia. Estava destinado a ser comido pelo pai, como seus irmãos.
Mas a mãe o escondeu, dando a Kronos uma pedra para comer. Depois de crescido, Zeus embebedou seu pai Kronos e o fez vomitar filhas e filhos, que se uniram a Zeus contra os deuses mais velhos.
Usando raios roubados, eles ganharam a batalha e o universo... Zeus tomara como sua primeira amante Métis - (a Prudência). Gaia que representa a terra (uma das divindades primordiais, avó de Zeus), e Urano, o céu, filho e amante de Gaia, haviam revelado a Zeus que se ele tivesse uma filha, e depois um filho homem de Métis, este seria mais poderoso que o pai, e lhe tomaria o poder supremo, assim como ele, Zeus, havia feito a Kronos.

APOLO - GREGO - A LUZ
( comemoração em 7 de Maio)

Apolo é considerado o lindo Deus do dia e do Sol, sendo venerado na ilha de Delos. Irmão da Deusa Ártemis, filho de Zeus e de Leto. Ele tinha múltiplas atribuições como: o músico, por tocar sua Lira, o poeta, o curandeiro, o protetor dos rebanhos e adivinho. Possuidor do Oráculo de Delos, que pertencia à sua irmã Ártemis, mas com o passar do tempo, foi se fortalecendo pela sociedade patriarcal, Assim as atribuições da Deusa, foram passadas ao Deus e Pythia passou a ser a sacerdotisa orecular de Apolo.

CERNUNNOS - CELTA - A VIRILIDADE
(comemoração em 12 de Maio )

Cernnunos é o nome de um dos deuses celtas mais antigos e também conhecido como Deus Cornífero. É representado como um homem com chifres adornando a cabeça, seus símbolos eram um cervo, o touro e a serpente. É o Deus da fertilidade, da virilidade masculina, da abundância, e Patrono da Caça para os povos antigos. Também era o guardião dos portais do mundo subterrâneo e das encruzilhadas. Ás vezes era representado alimentando animais; também podia mudar de forma e aparecer como animais dos bosques. Cernunnos assumia um importante papel como Consorte da Deusa Tríplice. O Deus tem sido reverenciado há eras. Ele não é o Todo-Poderoso do cristianismo ou do judaísmo, tampouco um simples consorte da Deusa. Deus ou Deusa, eles são iguais, unidos.Vemos o deus no Sol, brilhando sobre nossas cabeças durante o dia, nascendo e pondo-se no ciclo infinito que governa nossas vidas. Sem o Sol, não poderíamos existir; portanto, ele tem sido cultuado como a fonte de toda a vida, o calor que faz germinar as sementes adormecidas, trazendo-as para a vida, e instiga o verdejar da terra após a fria neve do inverno.

PAN - GREGO - A FLAUTA MÁGICA
(comemoração em 18 de Maio)

Pan Deus dos bosques, dos campos e também representando a fertilidade, filho de Hermes, mensageiro dos deuses, e da ninfa Dríope. Era metade animal, metade homem, com chifres, membros inferiores, cascos e orelhas de bode. Considerado travesso e protetor dos pastores e rebanhos. Um músico maravilhoso, acompanhava com sua siringe a "flauta mágica", as ninfas da floresta quando elas dançavam. Um Deus galanteador, mas sempre era rejeitado por causa de sua feiura. Pan assombrava as montanhas e cavernas e todos os lugares selvagens, mas seu local predileto era a Arcádia, onde nasceu. A palavra "pânico" se supõe derivar dos temores de viajantes que ouviam o som de sua flauta durante a solidão noturna.

ARES/MARTE - GRECO- ROMANO - A GUERRA
(comemoração em 27 de Maio)

Deus da guerra e filho de Zeus e sua esposa Hera. Os romanos o identificaram com Marte, também um Deus da guerra. Ares, sanguinário e agressivo, personificava a natureza brutal da guerra. Entre as divindades associadas com Ares estavam sua mulher Afrodite, deusa do amor, e divindades menos importantes, como Deimos (o Temor) e Fobos (o Tumulto), que o acompanhavam em batalha. Embora Ares fosse bélico e feroz, não era totalmente invencível, mesmo contra os mortais. A adoração de Ares, que se acredita ter origem na Trácia, não se estendia à toda a antiga Grécia, e onde existiu, não tinha importância social ou moral. Ares era uma divindade ancestral de Tebas e tinha um templo em Atenas, aos pés do Areopago, ou Colina de Ares.

HERMES - GREGO - A COMUNICAÇÃO
(comemoração em 28 de Maio)

O mensageiro dos Deuses, regente da inteligência, da comunicação, do comércio e das viagens. Correspondente ao Deus Mercúrio da mitologia Romana. É um dos 12 Deuses do Olimpo, filho de Zeus e de Maia, nasceu na Arcádia. Protetor dos compradores e vendedores, o inventor da balança. Conta a lenda que, Hermes conseguiu livrar-se das fraldas e foi para Tessália, onde roubou parte do rebanho guardado por Apolo, escondendo o gado em uma caverna. Depois voltou para o berço, como se nada tivesse acontecido.
Quando Apolo descobriu o roubo, conduziu Hermes diante de Zeus, que o obrigou a devolver os animais.
Apolo, no entanto, encantou-se com o som da lira que Hermes inventara e ofereceu em troca o gado e o caduceu. Mais tarde, Hermes inventou a siringe (flauta de Pan), em troca da qual Apolo lhe concedeu o dom da adivinhação. Também é considerado o Deus da eloqüência e patrono dos esportistas, é representado como um jovem nu vestido com túnica curta; na cabeça tem um capacete com asas, calça sandálias aladas e traz na mão seu principal símbolo, o caduceu.

HADES/PLUTÃO - GREGO - ROMANO - O SUBTERRÂNEO
(comemoração em 31 de Maio )

Na Mitologia pré-helênica, Pluto era o aspecto escuro da Mãe Tríplice, sendo que seus outros dois aspectos eram formados por Kore e Perséfone. O significado da palavra Pluto seria "riqueza" e "abundância". Na mitologia grega, posteriormente adotada pelos romanos, Pluto era irmão de Zeus e senhor de Hades, o mundo escuro dos mortos, o Rei do mundo subterrâneo, sendo ele o responsável pelo rapto da Deusa Perséfone, filha de Deméter,tornando-a a rainha da escuridão. Possuindo um aspecto de homem grande e de musculatura poderosa e pele acinzentada. Também exerce o controle sobre a terra.

EROS - GREGO - O AMOR
(comemoração em 12 de Junho)

Eros, também conhecido como Cupido na mitologia Romana, era o Deus grego do amor e do desejo. Na Teogonia de Hesíodo, Eros se descreve como o mais belo dos deuses imortais, portanto um deus primordial, assumindo também o papel de unificador e coordenador dos elementos, contribuindo para a passagem do caos ao cosmos, ou seja, ao mundo organizado. Posteriormente foi considerado como um Deus olímpico, filho de Afrodite e de Zeus, Hermes ou Ares, conforme algumas das versões. Tendo, certa vez, Afrodite desabafado com Métis ( Deusa da prudência), queixando-se que seu filho continuava sempre criança, a Deusa Métis lhe explicou que, Eros era muito solitário, por isso não crescia. Ele haveria de crescer se tivesse um irmão. E assim, Antero nasceu pouco depois, daí então, Eros começou a crescer e tornar-se robusto. Sempre acompanhado com seu arco mágico, ele disparava flechas de amor nos corações dos deuses e dos humanos.

KRONOS/SATURNO - GREGO - ROMANO - O DEVORADOR
(comemoração em 11 de julho)

Na mitologia Romana é conhecido por Saturno e Kronos na grega que significa tempo, filho mais jovem de Urano, o céu, o mais velho dos deuses, com Gaia, a Terra no trono Olímpo. Contudo Urano tinha horror aos filhos, pois os considerava feios e imperfeitos por terem sido feitos de carne. Gaia junto com seu filho Kronos, conspiraram contra Urano para destroná-lo. Com uma foice Kronos castra o pai enquanto dormia e joga seus testículos ao mar. Assim foi amaldiçoado por Urano com a profecia de que seu trono lhe seria tomado por um de seus filhos.
São seus filhos: Zeus, Poseidon e Hades.
Kronos devorava todos os filhos, por medo da profecia. Ele foi o senhor do Universo por uma era, considerada a era do ouro e do amor. Era homenageado nas saturnais festas em que os senhores serviam aos escravos.

DIONÍSIO - GREGO - O VINHO
(comemoração em 03 de Outubro )

Dionísio ou Baco era o Deus greco-romano do prazer e senhor do vinho sagrado, da natureza selvagem, da liberdade de expressão, das sensações e emoções, dos rituais de renovação e regeneração. Dioníso era acompanhado pelos Sátiros e por um séquito de mulheres. Seus símbolos eram a hera, a videira, o vinho, a flauta, o tamborim e os címbalos. Originalmente o Deus da Trácia. É considerado também como o Deus da vegetação pelas seitas neo-pagãs.

ODIN - NÓRDICO - O SENHOR DAS RUNAS
(comemoração em 02 de novembro)

Deus padroeiro das Runas, que como sacrifício ficou pendurado durante nove dias e nove noites em Yggdrasil, a Árvore da vida, para conseguir todo o conhecimento sobre o Oráculo Sagrado. Também conhecido como o senhor da guerra, condutor das almas dos valentes guerreiros que morriam em combate e eram selecionados para lutar na batalha final de Ragnarok, o Apocalipse. Sendo auxiliado pelas Valquírias, as Deusas guerreiras nessa tarefa. Odin cavalgava com seu cavalo de oito patas, Sleipnir e voava pelos céus noturnos, cercado de corvos, buscando durante a "Caça Selvagem", as almas perdidas e encaminhá-las a uma nova encarnação. O festival de Odin é celebrado com cantos e oferendas para as almas dos mortos. Também eram encenados os mistérios da vida, morte e renascimento através de mímicas, considerado como o senhor do mundo Astral.

POSEIDON/NETUNO - GRECO-ROMANO - AS ÁGUAS
(comemoração em 01 de dezembro)

Um verdadeiro rei dos mares, soberano e o regente de todas as criaturas aquáticas e o senhor dos terremotos e tempestades. Possuidor de duas esposas: uma mortal Cleito e uma imortal, Anfitrite. Descrita pelos mitos mais recentes gregos, como uma simples Nereide, obrigada a se casar com Poseidon, Anfitrite era na verdade, uma antiga Deusa tríplice, pré-helênica, cujo o nome significava "A Tríade toda abrangente, era a manifestação feminina dos Oceanos".

fonte do texto: magiadosdeuses.blogspot.com
fonte das fotos: internet

2 comentários:

  1. Não tem nenhuma deusa aqui por que ?

    ResponderExcluir
  2. Bem, tem outros posts falando só das Deusas. Por acaso procura por alguma específica? Dê uma olhada a sua direita no marcador Deusa. Abraços, Sofya.

    ResponderExcluir