Pesquisar neste blog

A principal fonte dos textos postados aqui é da Internet, meio de informação pública e muita coisa é publicada sem informações de Copyright, fonte, autor etc. Caso algum texto postado ou imagem não tenha sua devida informação ou indicação, será escrito (autoria desconhecida). Caso souberem, por favor, deixe um comentário indicando o ou no texto, ou caso reconheçam algum conteúdo protegido pelas leis de direitos autorais, por favor, avisar para que se possa retirá-lo do blog ou dar-lhe os devidos créditos. Se forem utilizar qualquer texto postado aqui, por favor, deem os devidos créditos aos seus autores. Obrigada!

Abençoados sejam todos!

8 de jul de 2011

Deusa Hybla

(autoria desconhecida)
Deusa da Terra.

Na Sicília, região da Itália, comemora-se de Hybla, a Deusa da Terra.
Na literatura e poesia clássicas, Hybla é um adjetivo relativo a mel.
O Hybla era o nome de um monte da Sicília, famoso no Mundo Antigo pelo perfume de suas flores e a excelência de seu mel.
Nas mitologias da antiguidade, as montanhas eram consideradas lugares sagrados. Existia a conotação do divino que se desprendia do corpo material da montanha. Lugar de morada da divindade relacionada.
Na Grécia, os deuses mais importantes eram os que residiam no monte Olimpo, por exemplo. Zeus nasceu no monte Ida, e Dionísio foi criado no monte Niza. Diana, deusa dos romanos, era homenageada nas montanhas. E no monte Hybla, adorava-se a deusa de mesmo nome.
Com isso, as elevações rochosas acabaram ao longo dos séculos, assumindo significados profundos. Na carta de número 21 do tarô cigano, por exemplo, representada por uma montanha rochosa, simboliza a força, o equilíbrio, a perseverança, a justiça. A imagem transmite a ideia do que é eterno e imutável. Por isso a associação com a justiça, que nada pode mudar e cujos princípios são eternos.

A mensagem dessa carta num jogo cigano é que se ela aparecer perto da carta que representa você, mostra o alcance de seus objetivos. Se aparecer longe, é sinal de perda do que já foi conquistado em sua vida. O número 21, é retratado também como o Universo.
Em determinado momento da história, as montanhas eram vistas como pilares que sustentavam o Céu. E nessa conexão da qual existia um fluxo entre a terra e o céu divino, estava a deusa Hybla, considerada precursora da humanidade, trazendo em si a sabedoria do tempo. É a deusa que pode tirar as nossas dúvidas sobre o momento certo de fazer uma determinada coisa.
Se precisar de uma resposta para saber em qual momento agir, fique atento às coincidências que acontecerão com você nesse dia. Pode ser Hybla lhe mandando um recado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário