Pesquisar neste blog

Carregando...

A principal fonte dos textos postados aqui é da Internet, meio de informação pública e muita coisa é publicada sem informações de Copyright, fonte, autor etc. Caso algum texto postado ou imagem não tenha sua devida informação ou indicação, será escrito (autoria desconhecida). Caso souberem, por favor, deixe um comentário indicando o ou no texto, ou caso reconheçam algum conteúdo protegido pelas leis de direitos autorais, por favor, avisar para que se possa retirá-lo do blog ou dar-lhe os devidos créditos. Se forem utilizar qualquer texto postado aqui, por favor, deem os devidos créditos aos seus autores. Obrigada!

Abençoados sejam todos!

6 de mar de 2012

Deusa Kupala

A Deusa do Verão.

Os países eslavos festejavam Kupala, a deusa do auge do Verão. Também era chamada de Deusa da Água, da Magia e das Ervas.

Na festa de Kupala, que se chamava-se Sobótka, costumava-se fazer uma efígie de mulher com a palha dos campos de trigo. Os casais jovens então pulavam as fogueiras segurando essa efígie e depois tomavam banho nos rios. No dia seguinte jogava-se a efígie na água do rio pedindo para que ela levasse consigo todos os males das pessoas.

É uma celebração feita durante o Solstício de Verão, no Hemisfério Norte, em que se honravam os dois elementos mais importantes: o fogo e a água.

Nos Bálcãs, também se reverenciava Kupala. Mas a efígie era feita com galhos de bétula e vestida com roupas de mulher. Já na Rússia, o nome dessa deusa era Kupal’nitsa e o seu par era Ivan Kupalo.

fonte do texto e foto: Agenda Esotérica

Nenhum comentário:

Postar um comentário