Pesquisar neste blog

A principal fonte dos textos postados aqui é da Internet, meio de informação pública e muita coisa é publicada sem informações de Copyright, fonte, autor etc. Caso algum texto postado ou imagem não tenha sua devida informação ou indicação, será escrito (autoria desconhecida). Caso souberem, por favor, deixe um comentário indicando o ou no texto, ou caso reconheçam algum conteúdo protegido pelas leis de direitos autorais, por favor, avisar para que se possa retirá-lo do blog ou dar-lhe os devidos créditos. Se forem utilizar qualquer texto postado aqui, por favor, deem os devidos créditos aos seus autores. Obrigada!

Abençoados sejam todos!

29 de jul de 2011

Deusa Danu

Protetora da família.
Dan ou Danu era a mais importante das antigas Deusas irlandesas. Era ela quem dirigia uma tribo de deuses nomeada de Tuatha de Danaan, que quer dizer o Povo de Danu.
Dan significa conhecimento e segundo as lendas, seu povo era composto por exímios magos, sábios, artistas e artesãos. Mas vencidos pelos guerreiros Milesianos, se refugiaram nos Mundos Internos das Colinas, chamadas sidhe.
Os milesianos eram descendentes de Mile Espáine, os últimos invasores da Irlanda que derrotaram os semi-divinos Tuatha de Danaan.
Danu era uma deusa mãe protetora das famílias e das tribos. Era regente da terra e da água. Mas também da morte. Ela era descrita como uma deusa tríplice: Morrigan, a Deusa da guerra; Blodeuwedd, a Dama das Flores, simbolizando a vida; e Brighid, a Mãe, símbolo da fertilidade.
As Sacerdotisas de Danu vestiam túnicas verdes, usavam flores nas tranças que faziam nos cabelos, usavam colares de âmbar e tiaras douradas.

fonte: Agenda Esotérica

Nenhum comentário:

Postar um comentário