Pesquisar neste blog

A principal fonte dos textos postados aqui é da Internet, meio de informação pública e muita coisa é publicada sem informações de Copyright, fonte, autor etc. Caso algum texto postado ou imagem não tenha sua devida informação ou indicação, será escrito (autoria desconhecida). Caso souberem, por favor, deixe um comentário indicando o ou no texto, ou caso reconheçam algum conteúdo protegido pelas leis de direitos autorais, por favor, avisar para que se possa retirá-lo do blog ou dar-lhe os devidos créditos. Se forem utilizar qualquer texto postado aqui, por favor, deem os devidos créditos aos seus autores. Obrigada!

Abençoados sejam todos!

21 de jul de 2011

Deusa Morrigan

(autoria desconhecida)
A Grande Rainha.

Morrigan é a patrona das sacerdotisas e das bruxas.

É também a deusa celta da guerra e seu nome significa “Grande Rainha”.
Ela rege nossas batalhas internas. Mais especificamente, quando uma parte de nós deve morrer para que a outra viva.
Sentimos a necessidade de mudar e para isso deve acontecer uma transformação dentro de nós. Não é nem mais uma questão de deixar o velho e sim de encerrar o que nos impede de seguir adiante com nossas vidas.
Na história de Morrigan, ela é uma deusa que sempre triunfou nas batalhas. Não perdia nenhum combate. No entanto, a única arma que conseguiu derrotá-la provocou um ferimento mais profundo do que qualquer lança que lhe pungisse o peito. Foi o amor não correspondido de Cuchulainn, um herói celta ao estilo de Hércules, na Grécia.
Portanto, hoje, para se liberar de algo que não “lhe pertence” faça-o morrer dentro de si para que uma outra janela possa ser aberta.
Acenda uma vela de cor escura e um incenso de absinto. Faça seu pedido à Morrigan para lhe trazer renovação. Quando a vela acabar, acenda outra da cor laranja. Esta irá representar uma nova fase na sua vida. Boa sorte!

Nenhum comentário:

Postar um comentário