Pesquisar neste blog

A principal fonte dos textos postados aqui é da Internet, meio de informação pública e muita coisa é publicada sem informações de Copyright, fonte, autor etc. Caso algum texto postado ou imagem não tenha sua devida informação ou indicação, será escrito (autoria desconhecida). Caso souberem, por favor, deixe um comentário indicando o ou no texto, ou caso reconheçam algum conteúdo protegido pelas leis de direitos autorais, por favor, avisar para que se possa retirá-lo do blog ou dar-lhe os devidos créditos. Se forem utilizar qualquer texto postado aqui, por favor, deem os devidos créditos aos seus autores. Obrigada!

Abençoados sejam todos!

31 de ago de 2011

Deusa Ranu Bai

Ranu Bai e a Chuva.

Celebrava-se a deusa hindu da chuva, da fertilidade e da primavera chamada Ranu Bai.

As mulheres que não conseguiam ter filhos reverenciavam esta deusa na esperança de um dia engravidarem. Levavam vasilhas com água de chuva para suas estátuas e pediam-lhe que fertilizasse seus ventres.
Na Austrália, a deusa aborígine da chuva chamava-se Wonambi. Era vista como uma serpente guardiã do arco-íris.
Celebre este dia usufruindo do poder purificador da chuva. Caso não chova neste dia, mentalize um passeio sob a chuva em que a água lava sua alma e leva embora os aborrecimentos que por ventura possam estar lhe tirando o equilíbrio.
Se puder, recolha um pouco de água da chuva e a guarde para lavar seus objetos esotéricos, cristais, pedras etc.

texto e fonte: Agenda Esotérica

Nenhum comentário:

Postar um comentário