Pesquisar neste blog

Carregando...

A principal fonte dos textos postados aqui é da Internet, meio de informação pública e muita coisa é publicada sem informações de Copyright, fonte, autor etc. Caso algum texto postado ou imagem não tenha sua devida informação ou indicação, será escrito (autoria desconhecida). Caso souberem, por favor, deixe um comentário indicando o ou no texto, ou caso reconheçam algum conteúdo protegido pelas leis de direitos autorais, por favor, avisar para que se possa retirá-lo do blog ou dar-lhe os devidos créditos. Se forem utilizar qualquer texto postado aqui, por favor, deem os devidos créditos aos seus autores. Obrigada!

Abençoados sejam todos!

9 de out de 2011

Deusa Kuan Yin

Tenho um carinho enorme por esta Deusa. Quem ainda não fez um ritual ou pelo menos parou um pouco e a chamou… faça. O perfume, o carinho que Ela tem, a bondade… sem explicação. Abraços, Sofya.

 

Copyright © Sandra Meirelles - 2010

ALGUMAS LINHAS DEDICADAS A TI

Hoje me acordei sobressaltada, olhos marejados,
Coração acelerado,
Pensativa.
Resolvi me sentar um pouquinho,
E escrever para Ti, Minha Amada Mãe Kuan Yin.
Ultimamente tenho indagado insistentemente o que vim fazer aqui.
Se ando por caminhos certos, se não estou permitindo o florescimento do ego,
Se não estou me afastando de Ti.
Nesses anos todos,
Tu tens me dado lindas mensagens.
Acredite: meu coração se inflama de emoção.
Mas quando paro e penso, meus olhos umedecem
Pois será que não as uso para comércio?
Quando me ditas Tuas mensagens, não me pedes para levá-las ao mundo,
Não me pedes que as transforme em livros,
Não é Teu desejo ser famosa,
Apenas por ser tão misericordiosa me trazes Teus ensinos.
Nada pedes, tudo sou eu quem decide.
Penso em transformar Tuas mensagens em livro para compartilhar.
Reflito nisso tudo e me pego a perguntar:
Tenho eu o direito de falar em Ti?
Tenho eu o direito de comercializar tuas mensagens?
Tenho direito de criar expectativas de sucesso em teu Santo Nome?
Tenho eu direito de falar por Ti?
Ó minha Amada Mãe!
Tem misericórdia de mim
Lança Teu perdão sobre minha cabeça se eu estiver errada assim.
Quando falo em Ti, escrevo ou penso
É pura gratidão no peito,
É pura emoção na alma,
É pura intenção de partilha.
Jamais permitas que eu a utilize para ser reconhecida,
Jamais permitas que eu receba os méritos das Tuas escritas,
Jamais permitas que entre em competição,
Pois Tu não és mercadoria de compra e venda,
És Bodichita! És Divina!
És a Mãe Divina que ama a todos,
E jamais exclui, abandona, segrega ou critica.
Prefiro perder  os elogios aqui na terra,
Do que não tê-la em minha vida.
És tudo que tenho,
Pois é através de Ti que possuo o que possuo,
Grata, mãe querida, por estares aqui comigo,
Zelando-me para que eu não me torne egoísta e sem sentido.
Que eu vença sempre o egoísmo, e siga servindo
Para todo o sempre o teu Caminho.
Que jamais eu use Tuas palavras para ofender ou criticar,
Que jamais use Teu Santo Nome para méritos ganhar,
Que jamais use Tua Imagem para crescer no mundo,
Que eu a preserve na alma, no peito e na minha essência,
Que transforme Teus ensinamentos em pérolas,
Que sejas Tu a autora dos Teus livros,
Que eu seja apenas mãos que escrevem com carinho,
Que eu nunca esqueça que és Tu que me ensinas.
Que permaneça assim:
AMANDO-A PARA SEMPRE!
NA MO KUAN SHI YIN PU SA!

Fonte: Cartas à Kuan Yin
Autora: Sandra Meirelles

fonte do texto: http://aterrapuradekuanyin.blogspot.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário