Pesquisar neste blog

Carregando...

A principal fonte dos textos postados aqui é da Internet, meio de informação pública e muita coisa é publicada sem informações de Copyright, fonte, autor etc. Caso algum texto postado ou imagem não tenha sua devida informação ou indicação, será escrito (autoria desconhecida). Caso souberem, por favor, deixe um comentário indicando o ou no texto, ou caso reconheçam algum conteúdo protegido pelas leis de direitos autorais, por favor, avisar para que se possa retirá-lo do blog ou dar-lhe os devidos créditos. Se forem utilizar qualquer texto postado aqui, por favor, deem os devidos créditos aos seus autores. Obrigada!

Abençoados sejam todos!

24 de jan de 2012

Deus Lugh

Autoria: Marco Antônio

Lugh é um Deus Celta representado em muitas lendas irlandesas como sendo o triunfo da luz sobre a escuridão. Ele era o guardião legítimo da lança mágica de Gorias, e era particularmente associado com o uso do estilingue, com o qual matou seu adversário terrível: Balor.

Lugh é um Deus que está presente em todos os panteões Célticos com sutis variações em seu nome. Na Irlanda é conhecido como Lugh, em Gales ele é conhecido como Llew Llaw Gyffes, que quer dizer "O pequeno de muitas qualidades". Em gaulês antigo, foi chamado de Lugos, e ao longo do resto da Ilha Britânica, ele é conhecido como Lug. As histórias e mitos sobre ele diferem em cada região onde é reverenciado de inúmeras formas e através de diferentes ritos.

Principalmente conhecido como o Deus Sol, Lugh também é um Deus Guerreiro, Médico, Druida, Bardo, Ferreiro, Cervejeiro, entre outras inúmeras coisas. Suas funções o identificam como um Deus da guerra e das artes mágicas, mas os poetas e todos os artistas também são por ele beneficiados, juntamente como os guerreiros e os magos. Suas armas sagradas em todas as tradições são o estilingue e a lança. No folclore irlandês ele é pai do grande herói Cuchulain.

Lugh é um Deus do céu e está fortemente conectado com o fogo, com o Sol e com o tempo. Em inúmeras representações suas, ele aparece com um Torc e uma lança brilhante que às vezes é vista na forma de um raio. Ele é o Deus de todas as habilidades, artes e da excelência em todo empenho imaginável. Ele é visto como o protetor e guia de seu povo.

Os animais ligados a ele são as águias e os corvos que mantêm os olhos atentos sobre tudo aquilo que acontece na Terra. Sua árvore sagrada é o freixo.

Embora ele seja representando de formas variadas e com atributos diferentes, existem alguns pontos em comum encontrados nos mitos sobre Lugh em diferentes tribos célicas:

- é um Deus jovem com longos cabelos e com a face brilhante como o Sol
- é qualificado em inúmeras artes
- é o sobrevivente dos gêmeos no nascimento
- é adotado como uma criança (Na Irlanda por Tailtu e em Gales por Gwydion)
- a associação dele com pássaros e a capacidade de se transformar em uma ave. Ele, assim como Morrigú, está associado com corvos e gralhas, embora no conto galês, ele se transforme em uma águia.

Lugh é o Deus celebrado em Lammas

fonte do texto e foto: http://acasadomago.wordpress.com/?s=Lammas

Nenhum comentário:

Postar um comentário