Pesquisar neste blog

Carregando...

A principal fonte dos textos postados aqui é da Internet, meio de informação pública e muita coisa é publicada sem informações de Copyright, fonte, autor etc. Caso algum texto postado ou imagem não tenha sua devida informação ou indicação, será escrito (autoria desconhecida). Caso souberem, por favor, deixe um comentário indicando o ou no texto, ou caso reconheçam algum conteúdo protegido pelas leis de direitos autorais, por favor, avisar para que se possa retirá-lo do blog ou dar-lhe os devidos créditos. Se forem utilizar qualquer texto postado aqui, por favor, deem os devidos créditos aos seus autores. Obrigada!

Abençoados sejam todos!

11 de abr de 2012

Deus Cernunnos

Senhor da Natureza e dos animais, é o que fertiliza a Terra. O Consorte da Deusa celta
É uma das divindades mais antigas desse panteão. E é representado como um homem com chifres na cabeça.
Apesar das aparências, Cernunnos não tem nada a ver com as práticas malignas associadas com o diabo. Pelo contrário. O Deus celta está associado com a natureza selvagem, com a caça e com o ciclo da vida.
Em alguns lugares da Inglaterra ainda se realiza uma feira chamada Grande Feira Anual dos Chifres. Esta feira celebra os poderes de fertilidade da natureza animal e humana.
Nesse dia realiza-se também o ritual de “puxar o sol” pois Cernunnos é frequentemente descrito como um Deus Sol.
Entre em contato com a energia solar invocando as forças da natureza. Mentalize mudanças que deseja acontecerem para a sua vida. Depois ordene mentalmente que a força do sol faça os obstáculos caírem e que a má sorte se afaste. E por fim, chame a energia do sol pra lhe trazer prosperidade e boa sorte.

RITUAL:
Acenda uma vela verde e diga:
"-eu clamo por mudanças, esta é a minha certeza. Abra meus caminhos, traga-me os sinais"; uma marrom e diga: "Má sorte caia! Obstáculos caiam!"; por fim uma laranja dizendo: "Sorte e prosperidade estão comigo, Deus Sol, venha para mim!".

fonte do texto e fotos: http://witchblue2009.blogspot.com.br/2011/10/cernunnos.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário