Pesquisar neste blog

A principal fonte dos textos postados aqui é da Internet, meio de informação pública e muita coisa é publicada sem informações de Copyright, fonte, autor etc. Caso algum texto postado ou imagem não tenha sua devida informação ou indicação, será escrito (autoria desconhecida). Caso souberem, por favor, deixe um comentário indicando o ou no texto, ou caso reconheçam algum conteúdo protegido pelas leis de direitos autorais, por favor, avisar para que se possa retirá-lo do blog ou dar-lhe os devidos créditos. Se forem utilizar qualquer texto postado aqui, por favor, deem os devidos créditos aos seus autores. Obrigada!

Abençoados sejam todos!

11 de mar de 2011

Deusa Nehelennia (Nehalennia)

- “A Protetora dos Viajantes”

Reverenciada como a protetora dos marinheiros e viajntes do mar, Nehelennia pode ser considerada uma versão mais suave de Hel. Era representada acompanhada por cachorros (símbolos do mundo subterrâneo), segurando) um cesto de maçãs (simbolizando a vida e imortalidade) e tendo ao lado a imagem de um barco. Nehelennia era cultuada antigamente em uma ilha perto da Holanda e invocada antes das viagens. Infelizmente, seu culto foi esquecido e muito pouco se sabe a seu respeito, apesar de ser nome ter dado origem a Netherlands, os Países Baixos.
Escavações arqueológicas revelaram centenas de menires e altares com inscrições a ela dedicas, comprovando a permanência de seu culto no litoral do Mar do Norte até os primeiros séculos desta era. Foi encontrado, também na Holanda, um altar intacto, datado do século I A.E.C. e coberto pela areia, com uma estátua de Nehelennia sentada em um trono, segurando uma cesta de maçãs e acompanhada por um cachorro. Nehelennia era invocada pelos marinheiro se todos aqueles que viajavam no mar. Mas ela era também uma Deusa da abundância e da plenitude, conforme comprova a cesta com frutas em seu colo.
Elementos: água, terra.

Animais totêmicos: cachorro, cavalo-marinho, gaivota.Cores: verde, azul.

Árvores: frutíferas.

Plantas: cereais.Datas de celebração: 06/01.

Pedras: malaquita, turquesa, água-marinha.

Símbolos: maçã, barço, vegetação, cesto, mar, ilha, círculos de menires (chamados hunnebeds)

Runas: Raidho, Hagalaz, Laguz, Yr, sendo que as três primeiras podem ser usadas em telismãs de proteção para viagens no mar.

Rituais: proteção em viagens marítimas; para atrair abundância e melhorar a produtividade.

Palavras-chave: plenitude.

Texto: Mirela Faur "mistérios Nórdicos"

Nenhum comentário:

Postar um comentário