Pesquisar neste blog

A principal fonte dos textos postados aqui é da Internet, meio de informação pública e muita coisa é publicada sem informações de Copyright, fonte, autor etc. Caso algum texto postado ou imagem não tenha sua devida informação ou indicação, será escrito (autoria desconhecida). Caso souberem, por favor, deixe um comentário indicando o ou no texto, ou caso reconheçam algum conteúdo protegido pelas leis de direitos autorais, por favor, avisar para que se possa retirá-lo do blog ou dar-lhe os devidos créditos. Se forem utilizar qualquer texto postado aqui, por favor, deem os devidos créditos aos seus autores. Obrigada!

Abençoados sejam todos!

11 de abr de 2011

Cereálias

(autoria desconhecida)

Cereália - Este festival romano em homenagem a Ceres, deusa dos grãos e das colheitas, lembra-nos de um antigo ritual.
Plante seus desejos e veja-os germinarem.
Coloque alguns grãos de sua preferência em um buraco no jardim ou num vaso e, enquanto mentaliza, peça a ajuda de Ceres para seus desejos se realizarem.
Filha de Saturno e de Vesta (ou, em outras versões, da Lua), Ceres (Demeter) presidia a agricultura.
Ensinou a arte de cultivar a terra aos seres humanos e também a colher o trigo e fabricar o pão. É propiciadora do trigo, planta símbolo da civilização.
É a deusa da terra cultivada, das colheitas e das estações do ano.
Júpiter, que era irmão de Ceres, apaixonou-se pela deusa e desse encontro nasceu Perséfone.
Ceres é gentil, protetora das mães e de seus bebês.
Representa o poder maternal e nutritivo, voltado ao que é básico e simples, cuidando da terra para que ela produza os elementos necessários para a sobrevivência da espécie.
Seu simbolismo confere uma tonalidade mais nítida ao tipo de nutrição que somos capazes de nos dar e dar aos outros.
Ela é uma das doze divindades do Olimpo. Os seus atributos são a espiga e o narciso, e tem sempre numa das mãos uma foice, e na outra um punhado de espigas e papoulas.
Essa Grande Mãe que acolhe, cuida e cura é a regente do signo de Virgem e, na Mitologia, era também a deusa da fertilidade, o que serve para nos lembrar que é assim que deve ser a nossa vida: fértil e produtiva.

Nenhum comentário:

Postar um comentário