Pesquisar neste blog

A principal fonte dos textos postados aqui é da Internet, meio de informação pública e muita coisa é publicada sem informações de Copyright, fonte, autor etc. Caso algum texto postado ou imagem não tenha sua devida informação ou indicação, será escrito (autoria desconhecida). Caso souberem, por favor, deixe um comentário indicando o ou no texto, ou caso reconheçam algum conteúdo protegido pelas leis de direitos autorais, por favor, avisar para que se possa retirá-lo do blog ou dar-lhe os devidos créditos. Se forem utilizar qualquer texto postado aqui, por favor, deem os devidos créditos aos seus autores. Obrigada!

Abençoados sejam todos!

4 de jul de 2011

Deus Ganesha

(autoria desconhecida, fotos internet)
Deus dos Obstáculos.
É um dos Deuses mais populares da Índia. Essa divindade com cabeça de elefante, é conhecida por sua capacidade de transpor qualquer obstáculo.
Ganesha é o símbolo da abundância e do conhecimento sagrado. É também aquele que traz a alegria para as famílias.
É o primeiro filho de Shiva, matéria, e Parvati, energia. Conta a lenda que quando eles se encontraram, nasceram Ganesha, o som, e Skanda, a luz.
Mas em outra versão, Parvati teria concebido sozinha Ganesha. Shiva estava no Himalaia meditando enquanto a esposa moldou o filho a partir do barro para que lhe servisse como guardião.
Um dia Parvati pediu à Ganesha que não deixasse ninguém entrar no palácio enquanto ela tomava banho. Só que Shiva chegou mas, apesar de serem pai e filho, ambos não se conheciam. Ganesha bloqueou a entrada de Shiva e eles travaram uma luta. Ganesha derrotou todos os demônios do pai e mais uns outros. Shiva então o decapitou findando a luta.
Quando Parvati descobre ameaça explodir o mundo e Shiva sai em busca de uma cabeça. Promete trazer a cabeça do primeiro ser que encontrasse dormindo que não fosse para o norte. E encontra um elefante.
A colocou então no menino e o ressuscitou. O reconheceu como seu filho lhe dando o nome de Ganesha, que significa o Senhor dos Exércitos.
Ganesha abre os caminhos, afasta os obstáculos. É invocado sempre quando se vai iniciar um empreendimento ou iniciar uma viagem, um casamento e até mesmo a construção de uma casa.
Também é conhecido como destruidor da vaidade, do egoísmo e do orgulho. Possui 4 braços: mente, intelecto, ego e consciência condicionada. É o símbolo daquele que descobriu a divindade dentro de si mesmo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário