Pesquisar neste blog

A principal fonte dos textos postados aqui é da Internet, meio de informação pública e muita coisa é publicada sem informações de Copyright, fonte, autor etc. Caso algum texto postado ou imagem não tenha sua devida informação ou indicação, será escrito (autoria desconhecida). Caso souberem, por favor, deixe um comentário indicando o ou no texto, ou caso reconheçam algum conteúdo protegido pelas leis de direitos autorais, por favor, avisar para que se possa retirá-lo do blog ou dar-lhe os devidos créditos. Se forem utilizar qualquer texto postado aqui, por favor, deem os devidos créditos aos seus autores. Obrigada!

Abençoados sejam todos!

27 de ago de 2011

Deusa Tara

Deusa das Estrelas.

Celebra-se Tara, a deusa hindu das Estrelas. Tara é uma das manifestações de Kali, a Senhora do Tempo. E é a deusa mais importante do Budismo Tibetano.

É conhecida por ajudar as pessoas que estão passando por uma fase tumultuada e de necessidade. Ela orienta indicando um caminho mais claro para encontrar o silêncio e a força interior. Também chamada de Deusa do Autocontrole e do Misticismo.
O simbolismo dessa deusa é uma estrela vista como um elemento de auto-combustão. Representa a fome insaciável, espiritual e física, que dá sentido à vida.
É invocada em 108 nomes através de um rosário com 108 contas.
De acordo com o mito, “da primeira lágrima de compaixão formou-se um lago. No meio deste lago surgiu lótus. Quando floresceu, Tara emergiu.”
A Deusa também aparece como uma adolescente ou barqueira que leva os homens do mundo da ilusão ao do conhecimento. Tara possui inúmeras personalidades que se expressam de acordo com a necessidade, e a diferença entre essas manifestações está na cor, que pode ser branca, verde, vermelha, amarela ou azul.

texto e fonte: Agenda Esotérica

3 comentários:

  1. Amei saber sobre a Deusa Tara, porque na loja em que trabalho chegou essa peça lindíssima em bronze e queria poder explicar para os meus clientes o significado dessa maravilhosa peça. Mioto obrigada pelo esclarecimento.

    Sheila

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir